O espírito é luz, é inteligência, é vida, é poder criador e realizador. Nele não há matéria em
nenhum dos seus estados. É, portanto, imaterial. Ele é indivisível, eterno, e evolui para o
aperfeiçoamento cada vez maior. Partícula individualizada, assim se conserva em
toda a trajetória que faz no processo da sua evolução.
— Luiz de Mattos – Fundador do Racionalismo Cristão

Google+ Followers

Resgatando erros de vidas passadas - Por Humberto Romanelli

Todos neste mundo vêm resgatar faltas.

Uns em maior grau, outros em menor.

Os de maior grau são em regra referentes ao resgate de crimes de alta gravidade cometidos em vidas passadas, dos quais as criaturas não guardam lembranças, para não tornar mais pesado ainda o resgate.

Anulando o passado, o espírito volta a caminhar pela estrada da vida terrena, para cumprir o compromisso assumido no mundo a que pertence,
de acordo com a sua categoria espiritual: resgatar as suas dívidas, as suas faltas, os seus erros, os seus crimes.

Mas, se não fosse o esquecimento do passado, a tarefa evolutiva seria muito mais difícil.

Resgatando erros de vidas passadas
Por Humberto Romanelli

Fonte:
Livro Para Quando os Reveses Chegarem

Poderá gostar de conhecer:
 Atavismo